Programa Cuidar da Cidade vai beneficiar cerca de 40 mil moradores no Recreio dos Bandeirantes

Publicado em 17/02/2020 - 12:25 | Atualizado em 17/02/2020 - 13:14
Praças e ruas começaram a receber uma série de cuidados, entre eles, o corte de grama e podas de árvores. Foto: Marcos de Paula/ Rio de Janeiro

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, acompanhou nesta segunda-feira (17/02) o início da 54ª edição do Cuidar da Cidade. Desta vez, o mutirão de zeladoria beneficiará pelo menos 40 mil moradores da comunidade do Terreirão, no Recreio, na Zona Oeste. Os diversos órgãos e secretarias municipais vão atender às demandas da população, principalmente as solicitadas por meio da Central 1746. O prefeito visitou também o Ciep Margaret Mee, onde estudam 1.200 alunos, do 1° ao 9° ano, em três turnos. No colégio, que foi municipalizado, Crivella anunciou a reforma da unidade e se reuniu com os representantes de órgãos e secretarias que participam do programa.

– Vamos fazer um grande trabalho no Terreirão. Vamos reformar a escola, podar árvores, tapar buracos, trocar a iluminação e revitalizar praças. Os trabalhos vão acontecer ao longo da semana – afirmou Crivella.

 

Operação Tapa Buraco vai recuperar o asfalto em mais de 20 ruas do Terreirão. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

Nesta edição foram programadas inicialmente ações para atender a dezenas de demandas, como operação tapa buracos, poda de árvores, desobstrução de redes de esgoto e águas pluviais, e troca de lâmpadas. Mas a Prefeitura faz sempre mais do que o previsto. E nisso está o ponto principal do programa: levar um mutirão de serviços para responder a necessidades mais urgentes dos moradores no dia a dia do bairro ou da região onde vivem.

40 mil moradores serão beneficiados

De acordo com o superintendente regional, Sancler Mello, as ações serão realizadas em 27 ruas, o que vai beneficiar 40 mil pessoas.
Helen Barbosa, de 55 anos, elogiou os trabalhos que começaram a ser executados.

– A nossa segurança depende muito também de árvores podadas, ruas bem asfaltadas, luzes funcionando, entre outros fatores – destacou Helen.

 

A moradora Helen Barbosa, elogiou os trabalhos que começaram a ser executados. “A nossa segurança depende muito também dessas ações”. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

O pedreiro José Gomes, de 64 anos, que mora na região, se disse feliz com o mutirão.

– É a primeira vez que vejo tantos funcionários públicos trabalhando por melhorias por nós. Estão de parabéns – agradeceu José.

Maria Arruda, coordenadora da 7° Coordenadoria Regional de Ensino (CRE), disse que a distribuição dos kits escolares, que pela primeira vez inclui um par de tênis no uniforme, começará a ser feita nesta terça-feira.

 

A sinalização horizontal está sendo reforçada em 27 ruas do Recreio. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

Já o secretário de Infraestrutura, Habitação e Conservação, Sebastião Bruno, informou que a escola, além de pintura geral, receberá reforço no sistema de climatização, com o aumento de carga elétrica para os aparelhos de ar condicionado, e recuperação de equipamentos escolares, como papeleiras e cadeiras e carteiras.

 

O Ciep Margaret Mee, que ganhou plantio de árvores, passará por reforma. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

Quem participa do Cuidar da Cidade e o que é feito?

Participam do mutirão Comlurb, Rioluz, CET-Rio, Guarda Municipal, Fundação Parques e Jardins e Vigilância Sanitária, entre outros órgãos, além de secretarias municipais como as de Infraestrutura, Habitação e Conservação, Saúde e Educação. Os servidores consertam calçadas, fazem manutenção de praças, melhoram o asfalto, pintam nova sinalização no chão e recolocam placas, além de limpeza de ralos e desobstrução de galerias pluviais. Tudo em atendimento a pedidos da população, numa forma de tornar a Prefeitura mais próxima do cidadão e mais ágil na resposta a demandas.

 

A poda de árvores é um dos serviços mais requisitados pela Central 1746 no Recreio. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

Quais bairros alcançados e quantas ações realizadas?

Desde que o programa de zeladoria foi criado, em janeiro de 2019, diversas áreas em dezenas de bairros em todas as regiões da cidade já foram beneficiados por mais de 30 mil ações. Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Casa Civil, em conjunto com o Centro de Operações Rio (COR) e a Central 1746, o mutirão de zeladoria estabelece um calendário de ações que mobiliza os órgãos municipais em torno de uma determinada localidade.