Prefeitura faz cessão de terreno ao Estado para construção de escola na Região das Vargens

Publicado em 31/12/2019 - 12:25 | Atualizado
O prefeito Marcelo Crivella mostra o termo de cessão de terreno da Prefeitura ao governo do Estado, ao lado do vereador Marcelo Siciliano e do secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes. Foto: Paula Seabra / Prefeitura do RioO prefeito Marcelo Crivella mostra o termo de cessão de terreno da Prefeitura ao governo do Estado, ao lado do vereador Marcelo Siciliano e do secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes. Foto: Paula Seabra / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, deu um presente de fim de ano a moradores de Vargem Grande, Vargem Pequena e Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, ao assinar, nesta terça-feira, 31 de dezembro, o termo de cessão de um terreno municipal para a construção de uma escola da rede estadual. A iniciativa atende uma necessidade de mais de três décadas da população local, carente de vagas em unidades de ensino médio.

– O gesto do Município e do governo do Estado, com essa parceria, é de colocar o interesse das pessoas em primeiro lugar. Estamos cedendo o terreno para a construção de uma escola estadual. Ações como essa engrandecem, dignificam e enobrecem o Rio. Essa é a política que o povo espera de nós – afirmou Crivella, durante a solenidade de assinatura do termo de cessão, no Palácio da Cidade, em Botafogo.

O terreno, de quase 5 mil metros quadrados, fica em Vargem Grande, na Estrada dos Bandeirantes, s/nº, próximo ao Centro Municipal de Saúde Cecília Donnangelo. A estimativa é criar duas mil vagas para estudantes.

– Terrenos como esse são importantes para a gente poder criar mais vagas em escolas. Vamos trabalhar para inaugurar essa unidade o mais rápido possível. Não tenho dúvida de que será uma referência para toda a região – destacou o secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes.

A cessão, feita por intermédio da Subsecretaria de Patrimônio, ligada à Secretaria Municipal de Fazenda, tem prazo de 20 anos, com possibilidade de prorrogação. Como contrapartida, o Estado ficará responsável pela conservação e pela manutenção do local. O termo de cessão do terreno entrou em vigor imediatamente após as assinaturas das autoridades.

– Na região das Vargens, meu berço político, convivi com pessoas sem oportunidades de estudo. Eu tinha esse sonho, e graças a essa parceria entre Prefeitura e Estado, temos um marco para a vida dos moradores. A educação transforma – disse o vereador Marcelo Siciliano, que há anos luta para levar uma escola de ensino médio para a população de Vargem Grande e Vargem Pequena.