Praça e canteiro central podem ter novos adotantes em São Conrado e Campo Grande

Publicado em 13/11/2019 - 14:57 | Atualizado em 13/11/2019 - 15:09

Pessoas físicas ou jurídicas interessadas em adotar áreas verdes para manutenção no município, através do Programa Adote.Rio, têm à disposição, conforme publicação no Diário Oficial, mais dois espaços, divulgados nesta quarta-feira, dia 13 de novembro, pelo Diário Oficial do Município: uma praça (ainda sem nome) na Rua Odete Lara, em Campo Grande, e o canteiro da Avenida Jaime Silvado, na altura do número 115, em São Conrado.Os dois endereços firam na Zona Oeste.

Na mesma edição, a Fundação Parques e Jardins, órgão da Secretaria Municipal de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos, responsável pela iniciativa, informa que outras duas áreas verdes foram adotadas pela Associação Amigos do Cidade Jardim: o parque linear da Avenida Imperatriz Leopoldina e o canteiro central da Avenida Presidente José de Alencar, em Jacarepaguá, também na Zona Oeste.

No extrato de adoção de áreas verdes, os termos de procedimentos junto à Fundação Parques e Jardins também foram publicados nesta quarta-feira, no D.O. Mais informações podem ser obtidas também pelo site da fundação (www.adote.rio) ou direto em sua sede, situada no Campo de Santana, no Centro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. O acesso é pelo portão da Praça da República, em frente à Rua Moncorvo Filho. O telefone de lá é o 2224-8088.

Mais sobre o programa

O programa de adoção de áreas verdes no Rio de Janeiro existe desde 1986. A cidade possui um número aproximado de 3000 áreas verdes que podem ser adotadas, entre parques naturais, parques urbanos, praças, canteiros e outros tipos de terreno. A participação do cidadão carioca é de fundamental importância para a execução e o sucesso deste projeto. Por essa razão, o seu apoio é fundamental.