Ação de ordenamento retorna ao Mercado do Produtor, aplica multas, desativa gatos e recolhe resíduos

Publicado em 29/11/2019 - 16:19 | Atualizado em 29/11/2019 - 16:22
Equipe da Comlurb recolheu 1,5 tonelada de resíduos. Foto: Divulgação/SeopEquipe da Comlurb recolheu 1,5 tonelada de resíduos. Foto: Divulgação/Seop

Em nova operação conjunta de ordenamento urbano realizada nesta sexta-feira, 29 de novembro, no Mercado do Produtor, na Barra da Tijuca, órgãos de fiscalização da Prefeitura do Rio voltaram a identificar diversas irregularidades em pontos que funcionam no espaço comercial. Do total de sete lojas vistoriadas, cinco não tinham licença sanitária e foram infracionadas pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses, que emitiu ainda seis termos de intimação com exigências de adequações estruturais a serem cumpridas. Agentes da Coordenadoria de Controle Urbano (CCU, da Secretaria Municipal de Fazenda) apreenderam 40 bebidas diversas, técnicos da Light desativam três pontos clandestinos de energia elétrica e a equipe da Comlurb recolheu 1.5 tonelada de resíduos.

O Mercado do Produtor foi inspecionado na última segunda-feira, 25 de novembro, quando três dos estabelecimentos que estavam em funcionamento foram inspecionados pela Vigilância, com um deles interditado por falta de higiene e outro autuado por ausência de licença sanitária. Na ação anterior que constatou sinais de abandono, com a maioria dos espaços sem uso, a CCU apreendeu 13 sacos de carvão de 20 quilos e uma carrocinha de lanche. A operação é integrada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e também contou com o apoio da Guarda Municipal do Rio e da Polícia Militar.

Três pontos clandestinos de energia elétrica foram desativados. Foto: Divulgação/Seop
Três pontos clandestinos de energia elétrica foram desativados. Foto: Divulgação/Seop