Prefeitura seleciona empresas para desenvolver projetos com foco em sustentabilidade

Publicado em 06/03/2020 - 11:39 | Atualizado em 07/03/2020 - 13:21
Prefeitura vai selecionar projetos que tenham como foco a sustentabilidade - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio do Escritório de Planejamento da Subsecretaria de Planejamento e Acompanhamento de Resultados da Casa Civil, selecionará empresas especializadas para desenvolver ferramentas digitais que ajudarão a monitorar impactos ambientais no município. O edital de chamamento público foi publicado nesta quarta-feira (04/03), no Diário Oficial do Município, e os interessados terão até 26 de março para pleitear a execução de projetos para medição dos impactos de intervenções urbanas e de eficiência energética.

– Essas ferramentas tem como objetivo trazer para o Rio de Janeiro um novo paradigma em termos de sustentabilidade. Isso inclui, por exemplo, a redução do consumo de energia, que gera um impacto financeiro importante, e a melhoria nas intervenções urbanas no espaço público sob aspectos urbanos e ambientais – detalha o coordenador-geral do Escritório de Planejamento, Daniel Mancebo.

A Prefeitura fará o acompanhamento técnico dos projetos, mas não há recursos financeiros públicos envolvidos no edital. O valor de cerca de U$ 157 mil foi captado por meio do Fundo de Inovação da Carbon Neutral Cities Alliance – CNCA, organização internacional que contemplou as duas propostas apresentadas pelo município em 2019. A empresa vencedora será contratada diretamente pela Urban Sustainability Directors Network, baseada nos EUA.

 

Projetos

Uma das iniciativas consiste em uma plataforma digital que medirá os benefícios de determinada intervenção urbana sob critérios de sustentabilidade, identificando, por exemplo, a redução de emissões de gases de efeito estufa e a melhoria da qualidade do ar.

A outra tem como objetivo monitorar o consumo de energia em edifícios da cidade por meio de uma plataforma online. Além de facilitar o acesso às informações de consumo de energia para a população, a ferramenta contribuirá com um banco de dados sólido sobre os edifícios da cidade.

Ambas iniciativas integram o Plano de Desenvolvimento Sustentável do Rio de Janeiro, elaborado pela Casa Civil, e estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas. A cidade do Rio de Janeiro se destaca pelo comprometimento em atingir metas agressivas na redução de carbono a longo prazo. Estão entre as iniciativas, por exemplo, a implantação de fazendas solares para geração de energia limpa e a eletrificação da frota de transporte público, além da meta de zerar, até 2050, a emissão de dióxido de carbono e outros gases causadores do efeito estufa.

 

Prefeitura do Rio comemora dois prêmios internacionais em sustentabilidade

 

Alunos de escolas municipais se mobilizam para pensar a cidade no Dia D do Desenvolvimento Sustentável