Prefeitura disponibiliza cursos gratuitos em unidades da Assistência Social. Confira as opções  

Publicado em 27/02/2020 - 09:00 | Atualizado em 27/02/2020 - 09:17
Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, oferece diversos cursos gratuitos para quem deseja se capacitar Foto: Renee Rocha/Prefeitura
Manicure, empreendedorismo comunitário, trança nagô, decoração com balões, informática, assistente de RH e preparação de jovens para o mercado do trabalho. Esses são alguns dos cursos oferecidos de graça pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH). O objetivo é promover o apoio à formação empreendedora, além da geração de trabalho e renda.

Nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), o cidadão pode encontrar cursos como de assistente de logística, preparação para o mundo de trabalho, assistente de logística e manipulador de alimentos. O curso de empreendedorismo comunitário tem três meses de duração e ensina noções básicas de como gerenciar e administrar um negócio. Frutos de parcerias com diversas instituições como Banco Interamericano de Desenvolvimento, Sebrae, Sesi, Senac, Faculdade São José e Subsecretaria de Vigilância Sanitária, os cursos podem ser realizados nas unidades da própria secretaria ou nos órgãos parceiros.

A Casa da Mulher Carioca Tia Doca, em Madureira, e a Casa da Mulher Carioca Dinah Coutinho, em Realengo, oferecem cursos voltados especificamente para a capacitação feminina. A mulher que deseja um espaço no mercado de trabalho pode optar por cursar informática, corte e costura, penteados, manicure, maquiagem, design de sobrancelhas, trança nagô e reparos do lar, entre outros. As unidades também estimulam o empreendedorismo feminino.

Para frequentar as aulas oferecidas pelos Cras, é necessário que a pessoa seja inscrita no Cadastro Único. Já em relação aos cursos voltados para o público feminino nas duas unidades da Casa da Mulher, não há pré-requisito para aquelas que desejam se matricular. Somente em 2019, 2.234 mulheres ganharam seus certificados nas casas. Nas redes sociais e site da SMASDH, as pessoas podem achar os endereços das unidades e saber mais informações sobre os programas.

Casa da Mulher oferece cursos de modelagem – Foto: Wanderson Cruz/SMASDH