Desfile de moda resgata autoestima de pessoas em situação de rua

Publicado em 30/09/2019 - 15:36 | Atualizado em 01/10/2019 - 19:16
Desculpe Incomodar - Arte para Pessoas em Situação de Rua é um programa que resgata a autoestima de pessoas invisíveis para a maior parte da sociedade. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e ArteDesculpe Incomodar - Arte para Pessoas em Situação de Rua é um programa que resgata a autoestima de pessoas invisíveis para a maior parte da sociedade. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte

Dezenove homens e mulheres de abrigos da rede municipal de assistência social concorrem ao título de Miss e Mister Rua, concurso que ocorre em 5 de outubro (sábado), no Museu do Amanhã. O desfile de moda encerra as atividades do Desculpe Incomodar – Arte para Pessoas em Situação de Rua, evento idealizado pela Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.

Aulas de como saber desfilar preparam para concurso de Miss e Mister Rua. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte
Aulas de como saber desfilar preparam para concurso de Miss e Mister Rua. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte

Por semanas, os participantes são treinados pelo produtor visual Eduardo Araúju, que os ensina técnicas como a forma de caminhar, como parar no final de uma passarela, como se portar diante do público, entre outras técnicas. De acordo com ele, o concurso é uma forma de resgatar essas pessoas para a sociedade sem julgamentos, trazê-las de forma digna e fazer com que se sintam amadas, acolhidas e respeitadas:

– Vemos mudanças a cada aula. Conseguimos modificar o caminhar, a postura: eles passam a olhar para frente, e não mais para baixo – reforça o idealizador do projeto, conhecido por promover outros eventos de quebra de padrões, como os concursos de beleza para maturidade e plus size.

 O produtor visual Eduardo Araúju dá dicas a um aluno sobre como se portar para impressionar no desfile. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte
O produtor visual Eduardo Araúju dá dicas a um aluno sobre como se portar para impressionar no desfile. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte

Para vestir os modelos, alunos do curso de design de moda do Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-CTIQT) ajudam a escolher e customizar as roupas que serão usadas para cruzar a passarela. A escola integra o grupo de mais de 15 parceiros que apoiam a realização do evento.

Em 3 de outubro, os participantes estarão reunidos no Museu do Amanhã para o reconhecimento do local onde ocorrerá o desfile e para a última prova de roupas antes do evento. Formam o corpo de jurados o carnavalesco Milton Cunha, a cantora Lorena Simpson, a diretora Bárbara de Lima, o apresentadora Samara Rios, a publicitária e Miss Plus Size Rio de Janeiro, Symoni Silva, e o presidente da Fundação Leão XII, Allan Borges.

Acima de tudo, o que está em jogo é dar a pessoas em situação de rua um acolhimento. E ensiná-las algo que ajude a resgatar a forma como cada um se vê. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte
Acima de tudo, o que está em jogo é dar a pessoas em situação de rua um acolhimento. E ensiná-las algo que ajude a resgatar a forma como cada um se vê. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte
 O concurso é uma forma de resgatar pessoas, lhes dar dignidade e fazer com que se sintam amadas. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte

O concurso é uma forma de resgatar pessoas, lhes dar dignidade e fazer com que se sintam amadas. Foto: Fabrício Brito Goyannes / Pra Contar Fotografia e Arte

Festival Desculpe Incomodar

Por dois dias de programação, 4 e 5 de outubro, pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social terão oportunidade de vivenciar diversas linguagens artísticas por meio de oficinas, palestras, rodas de conversa, feira de artesanato e demais atividades artísticas em pontos espalhados pela cidade. A expectativa é que cerca de cinco mil pessoas participem das mais de 40 atividades.

A primeira edição do festival é um desdobramento do seminário homônimo, que reuniu cerca mil pessoas nesta na Biblioteca Parque Estadual, no Centro, em maio. A programação é desenvolvida com apoio de parceiros como equipamentos culturais, entidades públicas e privadas ligadas à temática.

Miss e Mister Rua 2019
Ensaio aberto: 3 de outubro (sexta-feira)
Desfile: 5 de outubro (sábado)
Às 16 horas
No Museu do Amanhã (Praça Mauá, Centro).

Festival Desculpe Incomodar – Arte para Pessoas em Situação de Rua
Em 4 e 5 de outubro (sexta e sábado).